quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Decidi confiar


"A vida é cheia de perguntas que eu não posso responder
Há tantas coisas que acontecem que nem sempre entendo o porque
Sentimentos de temores sobre mim
Aflições que mais parecem não ter fim
Surpresas de um caminho que ainda não trilhei
No meio dessa tempestade pude então ouvir a Tua voz
Que veio como uma brisa sussurrando em meu coração
Acalmando minhas dores, emoções
Dissipando tempestades, furacões,
Escolhi descansar em Ti
De uma coisa eu sei, decidi confiar, o invisível por certo se revelará
Então verei o que Deus preparou para mim
Nem olhos viram, ouvidos ouviram,
Nem homem nenhum conseguiu decifrar
O que Deus faz na vida de um justo que em oração
Clama ao pai." (Bruna Karla)

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Confiar em Ti


"Eu não tenho nada mais a temer
Eu não tenho por que não avançar
Com meu Deus tenho aprendido a romper,
Orar, esperar
O momento certo pra Deus agir
Não é o que eu escolhi
Nem sempre o que eu desejo é o melhor pra mim
Às vezes, ouço não
Às vezes, ouço sim
Mas tudo que importa
É que Deus não desistiu de mim
Tudo que importa é que Deus
Não desistiu de mim.
Eu prefiro confiar em Ti, Senhor
Eu prefiro descansar ao Teu lado
Porque mesmo que os meus pais se esqueçam de mim
Jamais serei por Ti desprezado
Eu prefiro confiar em ti, Senhor
Eu prefiro acreditar nos Teus sonhos
Porque tudo o que eu desejo
Jamais se igualará
Ao que Tens preparado para mim, Senhor
Eu prefiro confiar em Ti." (Bruna Karla)

sábado, 6 de agosto de 2011

O que na verdade somos


"Não há mais segredos pra esconder
Por que complicar a verdade?
Que adianta apontar o caminho
E seguir outra direção?
Quando mundo tenta nos enxergar,
Será que vê o que realmente somos?
Pra falar do amor
Tenho que aprender a repartir o pão
Chorar com os que choram
Me alegrar com os que cantam
Senão ninguém vai me ouvir...
Se a verdade é tão simples, onde erramos?
Ou o que deixamos de fazer?
Se não há mais segredos,
Por que complicamos?
Poucos entendem a verdade!
Pra fazer diferença não basta ser diferente
De que modo eu mudo a história?
Com discurso ou com ação?
Pra falar do amor,
tenho que aprender a repartir o pão
Chorar com os que choram
Me alegrar com os que cantam
Ninguém vai me ouvir sem amor...
O que na verdade somos?
O que você vê quando me vê?
Se o mundo ainda é mau
O culpado está diante do espelho!
O que na verdade somos?
O que você vê quando me vê?
Pra que serve a luz que não acende?
Não ilumina a escuridão" (Fruto Sagrado)